Não se pode estabelecer qualquer tipo de planejamento sem a orientação que recebemos da vida denominacional como princípio. Assim, renovamos nosso Pacto com a denominação, e esperamos caminhar em gratidão e retidão a Deus em todo o processo que nos aguarda.

Tendo sido levados pelo Espírito Santo a aceitar a Jesus Cristo como único e suficiente Salvador e tendo sido batizados, sob pública profissão de fé, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, decidimos unânime, solene e alegremente, como um corpo em Cristo, firmar, na presença de Deus e desta congregação, o seguinte Pacto:

Nós nos comprometemos a:

· andar sempre unidos no amor cristão;
· trabalhar para que nossa Igreja cresça no conhecimento da Bíblia, na santidade, na espiritualidade e no conforto mútuo;
· manter os cultos, as doutrinas, as ordenanças e a disciplina da Igreja;
· contribuir generosamente para o sustento dos ministérios da Igreja, incluindo a proclamação do evangelho em todas as nações e a promoção da justiça social.

Nós também nos comprometemos a:

· manter nossa devoção particular;
· evitar e condenar todos os vícios;
· educar religiosamente nossos filhos;
· orar e trabalhar para a salvação de todo o mundo, a começar dos nossos parentes, amigos e conhecidos;
· ser honestos em nossas transações, fiéis em nossos compromissos, exemplares em nosso comportamento e dedicados em nossos trabalhos seculares;
· evitar a maledicência, a difamação e a ira.

Além disso, nós nos comprometemo-nos a:

· cuidar uns dos outros, lembrando-nos uns dos outros em nossas orações;
· ajudar mutuamente em tempos de enfermidades e necessidades;
· cultivar relacionamentos sinceros, tratando uns aos outros com educação;
· estar prontos a perdoar as ofensas, buscando, quando possível, a paz com todos as pessoas.

Finalmente, quando nos mudarmos para um lugar distante desta igreja e que nos impeça de participar aqui, nós ainda nos comprometemos a nos associar a uma outra igreja com os mesmos valores, para que possamos observar os princípios da Palavra de Deus. Que o Espírito Santo nos capacite, nos abençoe e nos proteja para que sejamos fiéis e sinceros até a morte, visando sempre e em tudo o anúncio do reino de Deus. (Atualizado por Israel Belo de Azevedo, em Março de 2009)