Que é a verdade?

Que é a verdade?

“Então, você é rei!”, disse Pilatos. Jesus respondeu: “Tu dizes que sou rei. De fato, por esta razão nasci e para isto vim ao mundo: para testemunhar da verdade. Todos os que são da verdade me ouvem”. “Que é a verdade? “, perguntou Pilatos…” (João 18:37-38).

Várias pessoas não cristãs com quem eu já conversei sobre o evangelho me disseram pensarem na Bíblia como um livro de conceitos e valores ultrapassados, em uma era de tanta evolução tecnológica e relacional de nossa sociedade pós-moderna, cujas “verdades” se chocam com muitas afirmações bíblicas.

Há muitas questões em nossos dias que estão sendo debatidas, defendidas, aceitas como verdade, transformadas em leis, confrontando os valores bíblicos. Nós, cristãos, devemos saber o que dizer, principalmente quando vamos evangelizar. Por exemplo, o que você diz quando alguém, que necessita da salvação, questiona o pecado e a vida após a morte? E quando se defende o homossexualismo, a ideologia de gênero, sexo antes do casamento, etc.? Quais são as “verdades” sobre estas questões?

Nos dias de hoje, cada um tem sua opinião e a assume como verdade, mesmo sem uma base segura. Talvez esse também fosse o conceito de Pilatos e do povo de sua geração, pois mesmo naquela época já havia discussões sobre homossexualismo, prostituição, adultério, etc. Percebe como a Bíblia não é ultrapassada, mesmo em nossa sociedade tão “evoluída”!

Jesus poderia facilmente ter dado a resposta da verdade a Pilatos para se livrar da morte, mas, como sabia que deveria cumprir sua missão neste mundo, naquele momento se limitou a dizer: “Todos os que são da verdade me ouvem”. Então, vejamos o que Ele mesmo disse sobre nosso tema:

“E conhecerão a verdade, e a verdade os libertará”. (João 8:32).

Respondeu Jesus: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai, a não ser por mim”. (João 14:6).

“Santifica-os na verdade; a tua palavra é a verdade”. (João 17:17).

Meu desafio a você, que ainda não está em uma classe de Escola Bíblica, é que venha estudar conosco a única fonte autêntica, absoluta e segura da verdade: a Palavra de Deus. Assim, além de edificarmos nossa relação com o Senhor, estaremos sempre nos preparando para responder com a verdade àqueles que necessitam da salvação.

José Benedito da Costa